domingo, outubro 17, 2021
Home > Política > Senador entra na Justiça para suspender venda de Refinaria baiana

Senador entra na Justiça para suspender venda de Refinaria baiana

O senador Jaques Wagner (PT) entrou com uma ação popular na Justiça Federal de Salvador, em conjunto com a Federação Única dos Petroleiros (FUP), para suspender a venda da Refinaria Landulpho Alves (RLAM). O petista cobra do governo federal avaliações técnicas que justifiquem que a operação está de acordo com as condições de mercado.

“O governo precisa explicar à justiça se a operação está de acordo com as condições de mercado. É preciso lembrar que outras refinarias estão também sendo negociadas. Se esta prática se perpetuar, além de acabar de vez com a empresa, trará grandes prejuízos para os cofres públicos”, escreveu Wagner em seu perfil no Twitter.

A ação questiona, ainda, o acordo feito com a Mubadala Investment Company, após o Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep) divulgar que o valor de mercado da refinaria varia entre R$ 17 e 21 bilhões de reais. No entanto, como anunciado, a RLAM está sendo vendida por US$ 1,65 bilhão (R$ 8,9 bilhões).